Seu papel como família acolhedora

Famílias acolhedoras abrem sua casa e seu coração para receber crianças que precisam de cuidados. Isto é um chamado recompensador, mas também é complexo e desafiador.
A família acolhedora toma o lugar do principal responsável da criança por certo tempo. A família colabora com os assistentes sociais da ABBA, o juizado, e outros envolvidos na situação (incluindo a criança, os pais biológicos, pastor, professor, médico etc.) para alcançar a ajuda que a criança precisa para poder ser reintegrada a sua família.
Famílias acolhedoras devem esperar por desafios. Alguns exemplos incluem:
  • Reconhecer os limites do seu vínculo emocional com a criança
  • Entender emoções conflituosas que podem ter com relação aos pais biológicos da criança
  • Lidar com as necessidades complexas das crianças confiadas aos seus cuidados
  • Achar serviços essenciais na comunidade
  • Lidar com comportamento difícil que a criança pode demonstrar depois das visitas aos pais biológicos
  • Balancear as necessidades da criança acolhida com as necessidades da sua própria família
A ABBA está procurando famílias acolhedoras que podem:
  • Entender a confusão interior de uma criança (incluindo talvez não querer estar com a família acolhedora)
  • Trabalhar pacientemente com uma criança retraída ou hiperativa
  • Trabalhar para que aconteça a reintegração da criança em sua família biológica, se isso for o melhor para o bem estar da criança
  • Trabalhar com crianças que têm necessidades emocionais ou comportamentais significantes
  • Trabalhar em conjunto com outros membros da equipe buscando o melhor para o bem estar da criança
Fonte: http://www.gnb.ca/0017/foster/role-e.html (Usado com permissão)